Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Estudantes de arquitetura entregam maquete eletrônica do Palácio Piratini

Evento ocorreu no Salão Negrinho e contou com a presença do governador

51896295479 0611993569 k
Estudantes de arquitetura e urbanismo da Uniritter entregam documentos ao governador Eduardo Leite - Foto: Itamar Aguiar/ Palácio Piratini

Os alunos de Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Ritter dos Reis (Uniritter) entregaram ontem, 21, o resultado do trabalho desenvolvido, que consistia na  elaboração de maquete eletrônica das fachadas do Piratini e o levantamento dos danos das fachadas, para o Núcleo de Conservação da Memória e do Patrimônio Cultural. O evento ocorreu no Salão Negrinho do Pastoreio e contou com a presença do governador Eduardo Leite, do professor responsável pela disciplina, Lucas Volpatto, e da arquiteta do Palácio, Maria Clara Bassin, além dos estudantes participantes.

A parceria entre o Palácio e a universidade iniciou no primeiro semestre de 2021, com o arquiteto especialista em restauro, Lucas Volpatto, que reuniu um grupo de alunos da disciplina de Patrimônio e Restauro para conduzirem a pesquisa. O Piratini foi escolhido como objeto da cadeira para celebrar seu Centenário e promover a aproximação entre a academia e o poder público.

O vídeo apresentando a maquete eletrônica do Palácio é o resultado de uma ampla pesquisa, que envolveu a história e a arquitetura do local. Além da maquete eletrônica do Palácio, os 18 alunos participantes entregaram relatórios e plantas dos ambientes do Piratini, um levantamento completo dos danos sofridos pelas fachadas em seus 100 anos de História. “A partir dos documentos entregues pelos alunos, nós podemos atuar de maneira mais eficaz nas ações de conservação”, avalia Maria Clara.

Os alunos passaram o semestre analisando e pesquisando a estrutura do Piratini, e Lucas aponta ser “alumbramento para os estudantes poderem lidar com um edifício tão icônico, na época do seu centenário, pois isso tem uma carga simbólica muito forte”. Ambos apontam que, para além dos resultados da pesquisa, a principal ação da parceria é a troca de recursos e informações sobre o prédio, considerando que o Palácio forneceu material histórico para pesquisa e a Uniritter promoveu como retorno o modelo 3d e documentos úteis à equipe responsável pelas ações de conservação do Palácio. 

Novos projetos já estão sendo pensados em conjunto, como a elaboração do levantamento arquitetônico cadastral, que engloba: revisão das plantas baixas, cortes e fachadas do Palácio. A arquiteta aponta que “isso é muito importante para o desempenho das funções diárias da Assessoria de Arquitetura”.

Mais notícias

DSC00015

Museu do Doce, em Pelotas, expõe obra do Palácio Piratini

Do dia 24 de maio até o final de setembro, o Museu do Doce, em Pelotas, expõe uma obra do acervo que já pertenceu ao Palácio Piratini. A pintura “ Alegoria, Sentimento e Espírito da Revolução Farroupilha”, de Helios Seelinger, foi enviada para a...

DSC07817

Cerca de mil pessoas visitaram o Palácio Piratini na Noite dos Museus

O Palácio Piratini participou pela primeira vez do evento Noite dos Museus, realizado em Porto Alegre no sábado (21/5), e recebeu aproximadamente mil pessoas. A intenção era apresentar a sede do Executivo gaúcho ao público. Os visitantes...

Fachada principal   GM (2) copiar

Postes históricos do complexo do Palácio Piratini são reinstalados

Nesta segunda-feira, 16, os postes históricos do passeio público do Palácio Piratini foram reinstalados. As peças haviam sido retiradas para restauração. Originalmente, o passeio público contava com quatro postes em ferro fundido e globos de...

Palácio Piratini