Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Legalidade é tema da nova série do Piratini

No aniversário de 60 anos do movimento, o Palácio conta a história da Campanha

2
João Goulart, vice-presidente, em visita a China.

Há 60 anos, Leonel Brizola, das janelas do Piratini, iniciava a Campanha da Legalidade. E nesta quarta-feira (25/8), o Palácio lança em suas redes sociais uma nova série chamada “60 anos – Campanha da Legalidade”. Em seis episódios, lançados diariamente, será contada a história desse movimento político, militar e social ocorrido na sede do governo gaúcho. Ela estará disponível no Instagram, Facebook, YouTube e no site do Piratini.

Campanha da Legalidade

No dia 25 de agosto de 1961, Jânio Quadros renunciou ao cargo de presidente. Seu vice, João Goulart, conhecido como Jango, estava em uma viagem diplomática à China. Na época, o país comunista não mantinha relações com o Ocidente, então a visita não foi bem vista pelas classes conservadoras brasileiras. Uma ameaça de golpe se instaura, e os militares afirmam que Jango não assumiria o poder.

O então governador do Rio Grande do Sul, Leonel Brizola, vai para a janela da sede do governo denunciar o que está acontecendo e chamar a população para lutar pela democracia e pela defesa da posse de Jango. Os gaúchos ouviram os chamados e foram para as ruas. Movimentos sociais, como grupos estudantis, organizaram manifestações na Praça da Matriz. A Brigada Militar adentrou ao Palácio para sua proteção. Jornalistas tinham livre acesso ao subsolo – chamado, na época, de porão. 

A sede do governo gaúcho se tornou uma emissora de rádio, uma trincheira e até sofreu ameaças de bombardeio. E foi neste local que Jango se estabeleceu para orquestrar sua posse. De 25 de agosto até 7 de setembro, o Palácio Piratini, além de ser a sede do governo, se tornou o palco da resistência.

A série: 60 anos Campanha da Legalidade

Inspirada no livro “Os 50 anos da Legalidade em imagens”, a série apresenta entrevistas com pessoas que presenciaram os acontecimentos. Os vídeos contam aspectos importantes do movimento, como a rádio instalada no subsolo, a participação da Brigada Militar e o apoio do então 3º Exército, além do apoio popular à campanha.

60 anos – Campanha da Legalidade conta com locução de Christian Jung, roteiro de Stéfani Fontanive e Mateus Gomes, produção de Deborah Anttuart, pesquisa e entrevistas de Stéfani Fontanive, direção de fotografia e edição de Alvaro Bonadiman e direção de Mateus Gomes.

Episódios

1 – Contexto histórico (25/08)

00:00:00/00:00:00

60 Anos Campanha da Legalidade - Ep. 1: Contexto Histórico

25 de agosto de 1961: Jânio Quadros renuncia a presidência. Seu vice, João Goulart, estava na China. No Rio Grande do Sul, o governador Leonel Brizola inicia o movimento que ficou conhecido como Campanha da Legalidae. Crédito: Palácio Piratini

2 – O povo nas ruas (26/08)

00:00:00/00:00:00

60 Anos Campanha da Legalidade - Ep. 2: O Povo nas Ruas

Brizola, nas janelas do Piratini, chamou o povo para defender a democracia. Na Praça da Matriz, as forças políticas, militares e civis do Estado aderiram à campanha. Crédito: Palácio Piratini


3 – Nos porões da Legalidade (27/08)
4 – Ousadia, barricadas e trincheiras (28/08)
5 – A volta de Jango (29/08)
6 – A imprensa (30/08)

Texto: Stéfani Fontanive
Edição: Vitor Necchi/Secom

Mais notícias

01 (3)

Palácio Piratini lança nova série sobre identidade gaúcha

Em comemoração a Semana Farroupilha, o Palácio Piratini produziu uma série inédita, “O Retrato do Gaúcho”, que teve sua estreia hoje, com os três episódios disponíveis no YouTube e no site ( https://www.palaciopiratini.rs.gov.br/ ).  A série...

DSC06253

Coreografia de jazz marca o novo episódio da série Encontros

O Palácio Piratini chega a seu décimo sexto episódio da série Encontros. Nessa semana, os artistas convidados são Pamela e Maurício, com uma coreografia de jazz. O novo episódio está disponível no Facebook, Instagram e YouTube. Mauricio e Pamela...

Murais do Aldo Locatelli

Aldo Locatelli, o italiano que se tornou gaúcho

No subúrbio de Bérgamo, na Itália, em um local chamado Villa d’Almé, em 1915 nasceu Aldo Daniele Locatelli. O artista, que viria a ser conhecido por suas pinturas murais, teve seu primeiro contato com a arte ainda na juventude, devido à restauração...

Palácio Piratini