Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Palácio Piratini inaugura obras no Dia do Patrimônio

Os projetos foram executados em comemoração ao centenário da sede do governo

DSC05912
Inauguração da Oficina de Restauro - Foto: Álvaro Bonadiman

No Dia do Patrimônio, o Palácio Piratini, em conjunto com o Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul, inaugurou o prédio da Oficina de Restauro, entregou o primeiro lote de mobiliário histórico restaurado e anunciou os patrocinadores do Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndio (PPCI): Banrisul, Gerdau e Santander. As obras fazem parte da comemoração dos 100 anos da sede do governo gaúcho.

O evento ocorreu no penúltimo patamar dos jardins e no prédio da oficina. Exemplos de móveis restaurados foram expostos no local. Houve manifestações do governador Eduardo Leite, da secretária da Cultura, Beatriz Araujo, do presidente do Banrisul, Cláudio Coutinho, e do presidente do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul (IHGRGS), Miguel do Espírito Santo.

A arquiteta do Palácio, Maria Clara Bassin, explicou quais mobílias foram restauradas e o que é a oficina de restauro, e o engenheiro civil Yago Tarragô apresentou como será implantado o PPCI e onde ocorrerão as obras.

DSC05936
A arquiteta Maria Clara Bassin apresenta a Oficina de Restauro ao governador Eduardo Leite, a secretária de cultura e convidados - Foto: Álvaro Bonadiman
Oficina de Restauro

A concepção da Oficina de Restauro surgiu em 2014 e é um espaço projetado e construído na sede do governo. “O objetivo é prestar serviços de conservação do acervo de bens móveis e integrados do Palácio”, explica Maria Clara. A oficina foi discutida com institutos de patrimônio histórico estadual e federal como uma ideia da Assessoria de Arquitetura para a preservação do Piratini. A conservação dos bens do local torna-se necessária por sua importância histórica e cultural. O mobiliário pertence ao acervo tombado do local. Em 2020, iniciou-se a construção de uma edificação no penúltimo patamar dos jardins do Palácio e, nesta terça-feira (17/8), o prédio da oficina foi entregue.

Restauração do mobiliário histórico

O Palácio Piratini tem um acervo mobiliário construído por famosas empresas gaúchas, como a Jamardo e Irmãos, além de móveis que foram confeccionados pelos detentos da antiga Casa de Correção. “Por serem peças tombadas como bem cultural e por sua significância e representatividade, precisam ser preservadas, pois contam parte da história do Estado”, afirma Maria Clara. Miguel do Espírito Santo afirmou que acervo do Palácio é único.

Mais de 400 peças foram analisadas para o restauro e divididas em lotes. O primeiro, que parte foi entregue hoje, é composto por 129. A restauradora Adriane Machado executou o serviço, tendo como proponente do projeto cultural o IHGRS, com patrocínio do Banrisul por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

DSC05455
Mobiliário restaurado - Foto: Álvaro Bonadiman

Conforme Maria Clara, a escolha das primeiras peças a serem restauradas ocorreu por duas premissas: peças com elevado grau de deterioração, que já apresentavam algum comprometimento da sua integridade, e peças utilizadas nas rotinas diárias do Gabinete do Governador e do Gabinete da Casa Civil que necessitavam de restauro para poderem cumprir suas funções. 

PPCI

DSC05854
Engenheiro civil Yago Tarragô apresenta o PPCI para o governador Eduardo Leite - Foto: Álvaro Bonadiman
O Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndio (PPCI) foi elaborado em 2018 pela equipe de Assessoria de Arquitetura, aprovado pelo Corpo de Bombeiros Militar, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (Iphae) e pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Além de ser obrigatório por lei em todas as edificações, nas tombadas torna-se “ainda mais importante, de modo a salvaguardar a integridade e autenticidade de todos os elementos originais do bem”, afirma Maria Clara.

A escolha pela busca por financiamento para a implementação do PPCI ocorreu devido à situação financeira do Estado. “Uma obra desse porte, que requer intervenção em bem tombado, deve ser executada por empresa altamente especializada em restauração de edificações históricas tombadas para garantir a preservação do patrimônio”, explica Maria Clara. 

Financiamento

Todos os projetos citados são financiados por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, em uma parceria firmada por protocolo de intenções pelo Palácio Piratini e o IHGRGS. “É esse protocolo de intenções que legitima o instituto para prestar consultoria ao Palácio em suas áreas de atuação”, explica Thaís Feijó, responsável do IHGRGS pelo financiamento dos projetos.

O protocolo foi firmado em 2016, durante o governo de José Ivo Sartori, com duração de 60 meses. Seu objetivo é fazer ações conjuntas para a celebração do centenário visando “à preservação, divulgação e inserção histórico-política, bem como a difusão para a população da importância cultural da sede do governo”, como consta no documento.

00:00:00/00:00:00

Dia do Patrimônio

Entregas dia do patrimônio Crédito: Palácio Piratini

Texto: Stéfani Fontanive
Edição: Victor Necchi/Secom

Mais notícias

01 (3)

Palácio Piratini lança nova série sobre identidade gaúcha

Em comemoração a Semana Farroupilha, o Palácio Piratini produziu uma série inédita, “O Retrato do Gaúcho”, que teve sua estreia hoje, com os três episódios disponíveis no YouTube e no site ( https://www.palaciopiratini.rs.gov.br/ ).  A série...

DSC06253

Coreografia de jazz marca o novo episódio da série Encontros

O Palácio Piratini chega a seu décimo sexto episódio da série Encontros. Nessa semana, os artistas convidados são Pamela e Maurício, com uma coreografia de jazz. O novo episódio está disponível no Facebook, Instagram e YouTube. Mauricio e Pamela...

GM  8040

Palácio Piratini lança série Personagens

O Palácio Piratini lança hoje, 11, sua nova série: Personagens. A série contará a história da vida e do trabalho dos colaboradores da sede do governo gaúcho, pois uma casa como a nossa, precisa de muitas mãos para ser mantida. A primeira convidada é...

Palácio Piratini