Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Palácio Piratini finaliza a restauração do mobiliário histórico

A ação visou preservar os bens patrimoniados da Sede do Executivo Gaúcho

Palácio Piratini finaliza a restauração do mobiliário histórico
Palácio Piratini finaliza a restauração do mobiliário histórico - Foto: Alvaro Bonadiman

Ao alcançar o marco de 100 anos, o Palácio Piratini intensificou seus projetos de restauro e conservação do prédio histórico. Nesse processo, a restauração do Mobiliário Histórico do Palácio Piratini passou a ser executada com patrocínio do Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) e com o Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul como proponente cultural. O projeto foi concretizado mediante incentivo fiscal, concedido pelo Governo Federal através do Ministério do Turismo/Secretaria Especial da Cultural, pela Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Desde 1921, o Palácio Piratini foi mobiliado com peças das mais importantes movelarias do Estado, do país e do exterior. Esses móveis constituem uma expressiva e rara coleção histórica, artística e cultural. Por exemplo, o mobiliário do Salão Negrinho do Pastoreio é assinado por Arturo Jamardo, e diversos birôs, cadeiras e estantes, distribuídos pelos gabinetes, são oriundos da marcenaria da Casa de Correção de Porto Alegre, o antigo presídio da capital. A diversidade e a especificidade dessas peças cumpre o duplo propósito do Piratini: ser a sede do Executivo do Estado e a residência do governador.

Devido ao uso intenso e constante desse mobiliário, aliado ao desgaste temporal, muitas peças apresentavam desgastes, fragilidades e corrosões. A restauração do mobiliário visou evitar o avanço no processo de degradação que ameaça a manutenção destes itens patrimoniais. Através do serviço realizado por empresa especializada, os móveis foram revitalizados sem perder sua originalidade. A preservação em caráter emergencial se ocupou de 129 peças que estavam em processo avançado de degradação. 

O restauro do mobiliário histórico foi executado pela restauradora Adriane Machado, tendo a supervisão e acompanhamento da equipe de arquitetos do Núcleo de Conservação e Memória do Palácio Piratini e da Profa. Dra. Carla Renata Antunes de Souza Gomes, Coordenadora Técnica do projeto pelo IHGRGS. A restauração do mobiliário foi concluída no mês de dezembro, conforme os prazos estabelecidos, e as peças já retornaram ao Piratini.

Mais notícias

-

Palácio Piratini volta a oferecer visitação guiada para grupos escolares

Após uma pausa em maio e em junho devido à calamidade pública enfrentada no Rio Grande do Sul por causa das inundações, o Palácio Piratini inicia a reabertura gradual para visitações guiadas. A partir de 1º de julho, a sede do governo do Estado...

-

Profissionais do Palácio Piratini atuam na recuperação de acervos atingidos pelas enchentes

Servidoras que trabalham diariamente na conservação, restauro e preservação da memória do Palácio Piratini integram, desde o início do mês, uma força-tarefa para salvamento e recuperação de acervos de instituições da Secretaria de Estado da...

Fachada 1005

Prédio 1005 tem fachada e estrutura interna revitalizadas

O prédio da Secretaria da Casa Civil, localizado na Rua Duque de Caxias, número 1005, no Centro de Porto Alegre, vem recebendo melhorias realizadas com o propósito de requalificar a edificação histórica, que faz parte do Complexo Palácio Piratini. As...

Palácio Piratini