Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Museu do Doce, em Pelotas, expõe obra do Palácio Piratini

A exposição ficará aberta à visitação pública até o mês de setembro

DSC00015
Processo de restauro da moldura da pintura Alegoria, Sentimento e Espírito da Revolução Farroupilha - Foto: Alvaro Bonadiman

Do dia 24 de maio até o final de setembro, o Museu do Doce, em Pelotas, expõe uma obra do acervo que já pertenceu ao Palácio Piratini. A pintura “Alegoria, Sentimento e Espírito da Revolução Farroupilha”, de Helios Seelinger, foi enviada para a Universidade Federal de Pelotas (UFPel) para ser restaurada. A atividade integrou a programação do 14º Fórum Estadual de Museus, evento desenvolvido nos espaços da Instituição até sexta-feira (27), com o objetivo de incentivar reflexões e políticas públicas para as relações entre os museus e a sociedade. 

00:00:00/00:00:00

Entrega do restauro da obra "Alegoria do Sentido e Espírito da República Farroupilha"

Entrega do restauro da obra "Alegoria do Sentido e Espírito da República Farroupilha" Crédito: Palácio Piratini

O restauro foi realizado por uma equipe de servidores da UFPel e por mais de 30 estudantes dos cursos de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis e Museologia, que pertencem ao Laboratório Aberto de Conservação e Restauração de Bens Culturais. A restauração da obra nos espaços da Universidade foi possibilitada pela celebração de termo de cooperação técnico-científica com a Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul firmada em 13 de junho de 2019. Desde então, a pintura histórica, datada de 1925, com 3,80 metros de altura e 5,70 metros de largura, que representa famílias, soldados e espíritos nos principais conflitos bélicos no território do Estado, passou pelos cuidados dos especialistas. Os processos de restauração e conservação realizados foram: higienização, reforço de borda, enxertos, entelamento, remoção de repinturas, reintegração cromática e aplicação de camada protetora.

Inicialmente, a obra foi encomendada por Oswaldo Aranha para adornar os salões do Piratini. Supõe-se que ficaria na entrada principal. Hoje, pertence ao Museu Histórico Farroupilha, na cidade de Piratini. Após o término da exposição, a obra retornará ao Museu. O Palácio conta, ainda, com outras duas obras do artista, que datam de julho de 1924, em seu acervo pictórico.

00:00:00/00:00:00

Ep. 6 - As Pinturas do Palácio.mp3

Quando a nova sede do governo ainda estava em construção, o governador Borges de Medeiros iniciou a encomenda de pinturas para ornamentar os salões do Palácio. As obras nunca foram, de fato, integradas nas estruturas do Piratini. O que se tornou parte do espaço e adornou as paredes palacianas foram as pinturas murais do italiano Aldo Locatelli, que contam parte da história do estado do Rio Grande do Sul, e retratam elementos culturais e folclóricos do povo gaúcho.

Download

Texto: Ana Julia Zanotto
Edição: Stéfani Fontanive

Mais notícias

Jornalistas colorida (2)

Episódio especial de Retratos da História homenageia os jornalistas

O trabalho da imprensa e dos jornalistas foi lembrando com o lançamento de um episódio extra de Retratos da História. Tradicionalmente publicado nas quintas-feiras, o capítulo especial foi ao ar no domingo (7/4), data em que foi celebrado o Dia do...

Cozinha do Palácio Piratini, chef Denis Rodrigues

Terceiro episódio de A Cozinha do Palácio já está no ar

Já está disponível no Instagram e no YouTube o terceiro episódio da segunda temporada da série gastronômica A Cozinha do Palácio. Sob o comando de Denis Rodrigues, um dos chefs de cozinha do Piratini, o novo episódio traz como ingrediente de...

-

A partir de registro dos anos 1950, Retratos da História destaca a beleza da dança

No terceiro episódio da segunda temporada, publicado nesta quinta-feira (4/4 ) no Instagram do Palácio Piratini , a série Retratos da História exalta a dança como manifestação artística e cultural. A partir de uma fotografia dos anos...

Palácio Piratini